Twitter - PT TocantinsFacebook - PT TocantinsYoutube - PT TocantinsFlickr - PT Tocantins

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba novidades do nosso site.

Clique para enviar sua Proposta

Notícias

Quarta, 19 Outubro 2016 12:13

Zé Roberto faz pronunciamento contra a PEC 241

 

 

O deputado estadual Zé Roberto (PT) fez um pronunciamento durante a sessão desta terça-feira (18) contra a PEC 241. A partir de uma breve apresentação, o parlamentar explicou o que é a PEC 241, conhecida como PEC do Teto dos Gastos Públicos, e como ela pode impactar a vida dos brasileiros. “Mais conhecida como 'PEC do fim do mundo', a Proposta de Emenda Constitucional 241 trará grande prejuízo ao nosso país. Ela estabelece uma regra de teto para gastos primários (saúde, cultura, esporte, assistência social, defesa, educação, entre outros) no Governo Federal”, denunciou.

O parlamentar comentou que o Brasil está com déficit orçamentário, mas a história do país mostra que o governo sempre gastou menos nas políticas sociais, o que é de sua atribuição, do que foi o crescimento de arrecadação. “O déficit orçamentário do governo não advém do investimento em políticas públicas, mas do pagamento de dívidas e juros. Não é gasto com a população, mas com a especulação financeira”, afirmou.

Zé Roberto também explicou que a proposta da PEC pretende retirar dinheiro das políticas públicas a fim de repassá-lo aos ricos através do pagamento de dívidas. “Estamos vivendo uma situação na qual os que perderam as eleições governam o país. São esses partidos, juntamente com o governo ilegítimo de Michel Temer e o Congresso, que se aliaram para destruir as políticas sociais", alertou.

“Quero registrar que haverá uma redução de 22% dos recursos das universidades federais previsto para o ano que vem. Por isso, estudantes estão ocupando as universidades para defender o dinheiro da assistência estudantil, a educação de qualidade, as vagas, entre outras conquistas. Também gostaria de deixar registrada a posição da bancada federal, em que somente uma deputada votou contra a proposta e os demais votaram a favor. Com a aprovação dessa PEC, viveremos um desastre social em nossa cidade, nosso estado e nosso país”, finalizou Zé Roberto.