Twitter - PT TocantinsFacebook - PT TocantinsYoutube - PT TocantinsFlickr - PT Tocantins

Notícias

Terça, 08 Maio 2018 16:56

Maioria do Diretório do PT de Esperantina decide apoiar Amastha e Célio Moura

 

 

Prezando pela defesa da democracia a maioria do Diretório do PT de Esperantina apoia a decisão do PT Tocantins em apoiar a candidatura de Carlos Amastha (PSB) para governador e Célio Moura (PT) para vice-governador do Tocantins. Em reunião oficial do Diretório realizada na noite desta segunda-feira, 7, cinco membros compactuaram com a decisão da Executiva Estadual e vão seguir na campanha em busca da oportunidade de imprimir as políticas dos movimentos sociais defendidas pelo PT na gestão estadual.

“Conheço Célio Moura desde os anos 1980, são mais de 30 anos, quando iniciamos nossa luta para conseguir nossa terra”, disse a secretária de Formação do PT de Esperantina, Cícera Soares, mais conhecida como Cícera do PT, que afirmou que sua decisão em acompanhar Amastha e Célio vai justamente ao encontro da necessidade do povo da região do Bico do Papagaio que pede uma solução emergencial ao Tocantins, que segundo Cícera encontra-se hoje em decadência.

“Nossa Saúde está na UTI, a Educação e a agricultura familiar completamente abandonadas, não temos estradas vicinais e acredito que o nosso vice-governador, Célio Moura, ao lado de Amastha, vai conseguir resolver nossos inúmeros problemas, que eu como assentada da reforma agrária conheço bem. Temos muitas dificuldades para sobreviver aqui no Bico do Papagaio”, completou Cícera.

Ela lembra ainda que Célio Moura “é um companheiro que desde a década de 1980 se emprenha em atender os pedidos dos trabalhadores e trabalhadoras, sempre lutando ao nosso lado para ocupar um espaço e hoje temos essa chance, estamos com ele”.

No PT de Esperantina, além dos cinco membros que declararam apoio a Amastha e Célio Moura, dois se manifestaram pelo apoio à candidatura de Kátia Abreu (PDT) e outros três se abstiveram da votação. Outros dois membros não participaram da reunião. 

“Prezamos por um processo democrático, conforme as diretrizes do Partido dos Trabalhadores, e por isso os membros do diretório foram orientados sobre a atual conjuntura política e cada um ficou livre para decidir como vai caminhar nas eleições suplementares do próximo dia 3 de junho”, finalizou Cícera do PT ao relatar que esta foi a única reunião do Diretório Municipal que definiu orientações sobre as eleições suplementares.

Situação no Bico

Outros oito diretórios da região do Bico do Papagaio já declararam apoio unânime à candidatura do vice-governador do Tocantins petista, Célio Moura, na coligação de Amastha: Maurilândia, Sítio Novo, Augustinópolis, São Bento, Cachoeirinha, Darcinópolis, Riachinho e Araguatins.

Nos municípios de Sampaio, Buriti, São Miguel e Axixá os membros dos diretórios do PT ficaram divididos e por isso cada um livre para o apoio ao candidato que escolherem, não havendo assim uma definição de Diretório por Amastha ou Kátia.

“Continuamos a busca pelo apoio à candidatura do companheiro Amastha e do nosso candidato a vice-governador, Célio Moura, junto aos movimentos populares do Tocantins apresentando o melhor caminho, que é o fortalecimento do PT seguindo a definição da nossa convenção estadual”, afirmou o secretário de Movimentos Populares do PT Tocantins, Hilton Faria.