Twitter - PT TocantinsFacebook - PT TocantinsYoutube - PT TocantinsFlickr - PT Tocantins

Notícias

Terça, 15 Maio 2018 17:15

Pelo fim da violência, coletivos LGBTIs fazem ato em Palmas nesta quinta-feira

 

A luta contra a opressão marca o dia 17 de maio e em Palmas diversos coletivos LGBTIs vão se reunir no “Dia Internacional Contra a LGBTfobia” em um ato de visibilidade para estimular a reflexão da sociedade sobre a violência e o preconceito enraizado no fundamentalismo religioso que LGBTIs sofrem diariamente na Capital do Tocantins. A concentração é às 16 horas, desta quinta-feira, 17, na Praça de Igreja Matriz em Taquaralto e em seguida será realizada uma caminhada pela Avenida Tocantins.

 

Segundo estatísticas do Grupo Gay da Bahia (GGB) em 2017 foram 445 assassinatos no Brasil, número 30% superior se tomado por base o ano de 2016, que registrou 343 assassinatos. Para o secretário Estadual LGBT do Partido dos Trabalhadores do Tocantins (PT/TO), Fernando Coelho, o ato em Palmas vem colaborar com o fim da onda de violência e conservadorismo que tem fragilizado a população de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais em todo Tocantins.

“Estamos reunindo todo o seguimento LGBT do Tocantins para realizar este ato em protesto e pela luta pelos nossos direitos, pela nossa liberdade de ir e vir. Não podemos calar diante de tamanha violência que a comunidade LGBT vem sofrendo, ainda mais com o aumento de casos que assola o Brasil e o Tocantins”, disse Coelho.

Segundo o secretário todos os coletivos LGBTs estão convidados a participar do ato do dia 17, bem como toda a população que simpatiza com a causa. “O nosso convite é para que todos e todas possam somar a luta e levantar essa bandeira que é uma das mais oprimidas da sociedade. O nosso desejo é que juntos possamos combater qualquer tipo de violação de direitos desta comunidade”, esclareceu Coelho.

Além da Secretaria Estadual LGBT do PT/TO, organizam o ato, o Coletivo da Diversidade Tocantinense; Artgay – Tocantins; LGBT Socialista; Aliança Nacional LGBT; ATRATO – Associação de Travestis e Transexuais do Estado do Tocantins; ARTJUVLGBTI – Articulação de Juventude LGBT; Triângulo Rosa; ONG Vida em Movimento; Instituição Equidade Tocantins; LesbiToca; Kizomba Arco-íris; Coletivo LGBT de Porto Nacional e Mudas – Movimento Universitário da Diversidade Afetivo Sexual.

17 de maio

No dia 17 de maio de 1990, ocorreu a exclusão da homossexualidade da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID) da Organização Mundial de Saúde (OMS) e por isso instituiu-se a data como “Dia Internacional Contra a LGBTfobia”.